16
TER
17
QUA
18
QUI
19
SEX
20
SAB
21
DOM
22
SEG
23
TER
24
QUA
25
QUI
26
SEX
27
SAB
28
DOM
29
SEG
30
TER
31
QUA
1
QUI
2
SEX
3
SAB
4
DOM
5
SEG
6
TER
7
QUA
8
QUI
9
SEX
10
SAB
11
DOM
12
SEG
13
TER
14
QUA
15
QUI
16
SEX

Bora-Bora ouvir o Pedro | AMA #5

07 de Fevereiro, 2015 ArtigosJohnnyA

Partilhar no Facebook Partilhar no Google+ Partilhar no Twitter Partilhar no Tumblr

God Save The Queen | AMA #6

The Smiths – The Queen is Dead (1986) | Máquina do Tempo #3
AMA - a melhor alternativa

Pedro Lucas já não é tão Bora-Bora, nem tão personagem ou alter-ego. Está mais próprio. Sente-se bucólico entre os lobos, a água, as flores e as ervas. Sente-se um moço namoradeiro, ora a piscar o olho à Bárbara ora à Beatriz. Por mim, escolhia quem tivesse os seios maiores, mas diz que o interior também conta e isso torna as decisões menos instintivas.

E eu sempre defendi que "Pedro Lucas" seria um bom nome para quem quer ser músico. Quando se ouve a denominação do artista, sente-se o groove, está ali um feeling que não está presente em Paulo Renato ou João Miguel. Foi um nome que me cativou de tal maneira que não resisti em ir ao dicionário dos nomes. Portanto, Pedro Lucas significa “pedra luminosa”. Fica o apontamento.

Pedro Lucas

E o seu disco "Águas Livres", faz lembrar as de Março, cantadas por Elis Regina e Tom Jobim. É claro que é música portuguesa, cantada em português, mas "Águas Livres" vai beber a imensos sítios. Nota-se quando se ouve. E ouve-se quando se pode, que devia ser sempre, mas essencialmente em dois grandes momentos, porque isto é claramente música para acompanhar sobremesas doces, ingeridas com calma e entre amigos, e para ouvir a fazer conchinha com a namorada.

E "A Porta do Amor" traz-nos a mensagem bonita de o amor ser um vício com o qual não se pode romper. Verdade é também que o mundo, com este tema, começou a ter mais atenção à higiene oral. Pelo menos, antes ninguém escovava os dentes em videoclips e agora vejo que é um cuidado que já existe. A Ordem dos Médicos Dentista deixa um agradecimento especial. Mas todas as faixas são feitas com bom gosto e a sonoridade transmite exactamente isso.

É com este primeiro trabalho que este aparente bom rapaz, ao que dizem, e cheio de boas companhias, como é o caso dos Náufragos, dos Salto ou de Walter Benjamin, nos presentei-a e nos diz que tem uma palavra a dizer, passo a redundância.

Lembrem-se que no fim, ele vai estar sempre lá. Passem para conversar, fazer perguntas, elogios ou críticas, construtivas e destrutivas. Não é a mesma coisa que adicionar no Tinder, mas sempre dá para trocar umas palavras.
por
em Artigos

Bora-Bora ouvir o Pedro | AMA #5
Queres receber novidades?
Comentários
http://www.MOTORdoctor.PT
Contactos
WAV | 2018
Facebook WAV Twitter WAV Youtube WAV Flickr WAV RSS WAV
Queres receber novidades?