17
SAB
18
DOM
19
SEG
20
TER
21
QUA
22
QUI
23
SEX
24
SAB
25
DOM
26
SEG
27
TER
28
QUA
29
QUI
30
SEX
1
SAB
2
DOM
3
SEG
4
TER
5
QUA
6
QUI
7
SEX
8
SAB
9
DOM
10
SEG
11
TER
12
QUA
13
QUI
14
SEX
15
SAB
16
DOM
17
SEG

Indouro Fest 2015: O que esperar – Parte 2/6

12 de Março, 2015 ArtigosLuís Sobrado

Partilhar no Facebook Partilhar no Google+ Partilhar no Twitter Partilhar no Tumblr

On DG: Uma revisão do percurso até ao presente

Faith No More - Angel Dust (1992) | Máquina do Tempo #6
indouro © João Paulo Andrade

Depois de na semana passada termos explorado o rock atlético dos British Sea Power e o fuzz de Lorelle And The Obsolete, apresentando-vos pelo meio dois dos mais interessantes nomes portugueses do Indouro Fest 2015, esta semana espera-nos uma visita a Londres, o epicentro do mundo psicadélico onde vivem os TOY (não confundir com "o" Toy, estes não usam calças de bombazine próprias para se guiar na auto-estrada a 200 km/h com o joelho).

Para além disso, espera-nos o regresso à pop francesa que, com a criação da personagem de Melody Nelson, Serge Gainsbourg revolucionou. Como não podia deixar de ser, apresentamos duas bandas portuguesas. Numa viagem pela A1, os lisboetas Rainy Days Factory encontram o seu sol no Porto, nos Rated With An X.

TOY-1

- TOY

Da mesma fornada da neo-psychedelia que nos tem bombardeado nos últimos anos, juntamente com bandas como The Horrors, Temples, The Wytches ou os Tame Impala.

Formados em 2010, contam com dois longa-duração: primeiro o homónimo TOY de 2012 e depois Join The Dots, lançado no ano seguinte, ambos largamente influenciados não só pelo shoegaze de uns Ride ou pelo pós-punk dos Jesus And Mary Chain como também pela vibe Madchester dos Stone Roses.

Directamente de Londres, são um dos cabeças de cartaz do Indouro Fest 2015 e o quinteto formado por Tom Dougall, Dominic O'Dair, Maxim Barron, Alejandra Diez e Charlie Salvidge assume-se cada vez como uma das grandes promessas da já histórica Heavenly Recordings.

Os singles "Left Myself Behind" e "Motoring", do primeiro disco, e "Join The Dots", faixa-título do álbum lançado em 2013, são três das fan-favourites e três das mais prováveis canções a figurar no alinhamento do concerto nas margens do Douro.





 

TIM060.Liminanas.CostaBlanca.LPjkt

- The Limiñanas

The Limiñanas é mais um dos projectos assumidamente revivalistas a fazer parte do cartaz do Indouro Fest 2015. O duo oriundo de Perpignan composto por Marie e Lionel Limiñana capta na perfeição a essência da pop francesa dos anos 60.

Lionel é o homem dos sete instrumentos (literalmente), Marie é a baterista e ocasional vocalista, sendo que muitas vezes se junta um vocalista ao duo para as actuações ao vivo. Influenciados por Serge Gainsbourg e pelo yé-yé-yé dos sixties, The Limiñanas é um dos mais interessantes e sensuais projectos a marcar presença em Gaia nos dias 2 e 3 de Maio. Contam com três álbuns na discografia, sendo o último deles Costa Blanca, de 2013. 2015 trará à luz do dia Traité De Guitarres, disco de colaboração com Pascal Cornelade.





 

rainy days

- Rainy Days Factory

Os lisboetas Rainy Days Factory marcarão presença na Cidade Invicta como mais uns dos representantes do revivalismo pós-punk, tão presente no cartaz.

À primeira audição, o baixo dedilhado de Óscar Coutinho e os teclados de Pedro Code fazem-nos lembrar dos The Cure. Já a voz grave ou a bateria militar de João Vitorino de uns Joy Division ou da versão mais recente da banda de Manchester, os Editors. Contam com um EP e um LP no catálogo: o longa-duração, Oceans Of Tears, foi lançado em 2013 e é certamente um dos discos mais interessantes dos que foram lançados pelas bandas portuguesas do cartaz do Indouro Fest 2015.





 

- Rated With An X

Rated With An X é mais um promissor projecto portuense. Romeu Fernandes e João Maia deram início à banda há quase 15 anos, mas só em 2012 foi editado Black Codex, disco de estreia do grupo que entretanto aumentara o seu contigente para cinco elementos.

Punk no espírito e no sentido crítico, embora mais comedidos e até minimalistas musicalmente, juntam um rock que alterna entre o abrasivo e o catchy a letras de forte motivação política. "Red Dress" mostra tudo o que têm de bom estes Rated With An X. Projeto maiato a ter em muita atenção.



Tudo isto para ver e ouvir na edição de 2015 do Indouro Fest.
por
em Artigos

Indouro Fest 2015: O que esperar – Parte 2/6
Queres receber novidades?
Comentários
http://www.MOTORdoctor.PT
Contactos
WAV | 2018
Facebook WAV Twitter WAV Youtube WAV Flickr WAV RSS WAV
Queres receber novidades?