13
TER
14
QUA
15
QUI
16
SEX
17
SAB
18
DOM
19
SEG
20
TER
21
QUA
22
QUI
23
SEX
24
SAB
25
DOM
26
SEG
27
TER
28
QUA
29
QUI
30
SEX
1
SAB
2
DOM
3
SEG
4
TER
5
QUA
6
QUI
7
SEX
8
SAB
9
DOM
10
SEG
11
TER
12
QUA
13
QUI

Madrid, Jamón & Rock 'n' Roll - Antevisão Kristonfest 2018

01 de Maio, 2018 ArtigosWav

Partilhar no Facebook Partilhar no Google+ Partilhar no Twitter Partilhar no Tumblr

Hellfest 2018 • Antevisão/Playlist Valley e Warzone

À conquista de Camden: Antevisão Desertfest London 2018
Nascido em Bilbau, o Kristonfest assenta arraiais em Madrid pelo segundo ano consecutivo e, para a sétima edição, a aposta não se faz com menos que um dos mais promissores cartazes até à data. No próximo dia 12 de maio, sábado, o festival recebe um conjunto de nomes consagrados dentro do espectro do Stoner e Doom.

A encabeçar estarão dois pesos pesados: Monster Magnet e High on Fire. Os primeiros regressaram no ano passado aos palcos, aquecendo os motores para, já este ano, lançarem o muito aguardado novo álbum. Mindfucker estará em destaque no concerto de Madrid, um disco que transcende as barreiras do stoner, ao qual a banda é uma das figuras de proa, e os consolida como um must para qualquer fã de Rock 'n' Roll. Espera-se muita electricidade emanda pelos norte-americanos. Já os californianos liderados pelo mítico Matt Pike dos Sleep preparam um alinhamento especial de forma a celebrar os seus 20 anos de carreira. Descritos regularmente como magistrais e ferozes, os High On Fire provaram ao longo das duas décadas de estrada e dos sete álbuns de originais que são uma das bandas que melhor mistura as linhas entre o Metal e Stoner Rock. Precisão, potência e um dos mais respeitados guitarristas do mundo, são apenas alguns dos pontos em jogo.

Mas o cartaz não se faz só com esta dupla. Com eles estarão também os compatriotas Elder. Donos de um dos discos mais aclamados mundialmente em 2017, Reflections of a Floating World, a banda de Boston ganhou um novo elemento, conseguindo agora executar ainda melhor ao vivo a mestria que mostram a estúdio. Logo a abrir o festival, o público poderá contar de imediato com um verdadeiro soco no crânio, como é apanágio dos Conan. A banda britânica já prometeu novo trabalho para breve e há a expectativa de que já possam levantar o véu. Para o final, já em modo descompressão, ficam guardados os japoneses Church of Misery, capazes de enfeitiçar todo o público que ainda resista na Sala Riviera com o seu Doom Psicadélico bem envolvente.

Na impossibilidade de viagens mais longas a desertos de referência, o público nacional poderá encontrar na capital vizinha uma alternativa de primavera à altura. E ainda há bilhetes disponíveis.

 

por
em Artigos

Madrid, Jamón & Rock 'n' Roll - Antevisão Kristonfest 2018
Queres receber novidades?
Comentários
http://www.MOTORdoctor.PT
Contactos
WAV | 2018
Facebook WAV Twitter WAV Youtube WAV Flickr WAV RSS WAV
Queres receber novidades?