19
SEG
20
TER
21
QUA
22
QUI
23
SEX
24
SAB
25
DOM
26
SEG
27
TER
28
QUA
29
QUI
30
SEX
1
SAB
2
DOM
3
SEG
4
TER
5
QUA
6
QUI
7
SEX
8
SAB
9
DOM
10
SEG
11
TER
12
QUA
13
QUI
14
SEX
15
SAB
16
DOM
17
SEG
18
TER
19
QUA

Sonic Blast Moledo 2018: A antevisão

03 de Agosto, 2018 ArtigosWav

Partilhar no Facebook Partilhar no Google+ Partilhar no Twitter Partilhar no Tumblr

Vodafone Paredes de Coura 2018: Antevisão

ZigurFest 2018: A descoberta faz-se no interior.
Entramos em agosto e o extremo norte do país prepara-se para receber o verão com toda a sua brasa. O Sonic Blast Moledo tem ganho reconhecimento nacional e internacional muito pelos seus alinhamentos substanciais mas, seja pelo ambiente, pelo cartaz ou pela simplicidade do espaço, a fórmula praia + piscina + sol faz milagres, e este ano não há muito que enganar. A ideia mantém-se imperdível.

Como se tudo isso não bastasse, o público terá pela frente um fim-de-semana que muita gente mataria para ter em pleno agosto. No caso de sexta-feira, Samsara Blues Experiment ou Causa Sui serão epicentro para os mais devotos ao formato tradicional do rock psicadélico. Os italianos Ufomammut, no entanto, estarão a cargo de entregar um valente castigo de som e ilusão, imediatamente antes de Portugal ver o os históricos Nebula de regresso aos palcos. Para quem for adepto de sonoros mais frontais e primais, tanto Conan como Mantar, cada um na sua forma, terão o músculo do sludge debaixo da mira. Será um teste de força para quem resistir ao porradão sónico destes dois colossos.

Sábado serão dois os cabeças de cartaz que vão prometer transe imediato. A viagem instrumental dos norte-americanos Earthless há-de impulsionar qualquer um a total surdez dos sentidos. Promovendo o seu mais recente registo Black Heaven, e com uma discografia indiscutivelmente crucial, não há como enganar que este nome deixará, certamente muitos, de queixo caído no chão. Para quem curtir do estilo, charme e perfume do vintage, Kadavar estarão garantidamente a altura para embriagar os mais dedicados do hard rock dos anos 70. Não obstante, os gregos 1000mods e os veteranos The Atomic Bitchwax estarão presentes para colocar os verdadeiros do stoner moderno de bicos de pés.

Com algumas menções de grande relevo, sobra relembrar os inúmeros projetos do foro nacional que não só merecem atenção como muita admiração e respeito. O primeiro dia terá as suas hostes nas mãos do trio oriundo de Barcelos, Solar Corona. Com o decorrer do dia, ainda estarão os lisboetas Desert’ Smoke e portuenses Astrodome a fazer vibrar o palco da piscina. No segundo dia, espaço para o mais recente projeto de Pedro Pestana (10000 Russos e Tren Go! Sound System) e João Pais Filipe (HHY & The Macumbas) mais conhecido por Talea Jacta a fazer acompanhar os banhos de água com sonoros panorâmicos e polirritmias. Os muito aclamados jovens The Black Wizards terão o privilégio de fechar o palco principal, daquilo que promete ser um festival com potencial para se tornar mais uma vez, inesquecível. De recordar que os bilhetes já se encontram completamente esgotados.

E há novidades. Em declarações à Wav, o Presidente da Junta de Freguesia de Moledo e Cristelo, Joaquim Guardão, avançou que a área de campismo está a ser alargada e que haverá um novo espaço para estacionamento, de maneira a aliviar a zona de campismo e praia. Para ouvir em baixo.

por
em Artigos

Sonic Blast Moledo 2018: A antevisão
Queres receber novidades?
Comentários
http://www.MOTORdoctor.PT
Contactos
WAV | 2018
Facebook WAV Twitter WAV Youtube WAV Flickr WAV RSS WAV
Queres receber novidades?