19
SEG
20
TER
21
QUA
22
QUI
23
SEX
24
SAB
25
DOM
26
SEG
27
TER
28
QUA
29
QUI
30
SEX
1
SAB
2
DOM
3
SEG
4
TER
5
QUA
6
QUI
7
SEX
8
SAB
9
DOM
10
SEG
11
TER
12
QUA
13
QUI
14
SEX
15
SAB
16
DOM
17
SEG
18
TER
19
QUA

Sound Bay Fest 2018: Os 70 voltam a dar à costa

31 de Outubro, 2018 ArtigosWav

Partilhar no Facebook Partilhar no Google+ Partilhar no Twitter Partilhar no Tumblr

Festival Para Gente Sentada: Sons de outono aconchegam Braga

Jameson Urban Routes 2018 • Antevisão - Parte 2
Após três anos de interregno, o Rock volta a dar à costa com o Sound Bay Fest de regresso à capital. Já no próximo dia 3 de novembro, sábado, o RCA Club é o local escolhido para receber um conjunto de propostas que têm tanto de refrescantes como de revivalistas.

A encabeçar a noite estarão os nórdicos The Vintage Caravan. O trio vem de um dos locais mais frios da Europa (Islândia) mas quem já os viu ao vivo sabe que daquela terra encantada o que trazem com eles é um vulcão. Espera-se, portanto, uma erupção bem explosiva, sendo que o destaque estará no mais recente disco de originais, Gateways, lançado este ano pela poderosa Nuclear Blast. Uma porta de entrada a toda a velocidade para o idílico mundo do psych blues dos anos 70, sempre alicerçado nos cavalgantes low tones do stoner.

Já bem conhecidos do nosso público são os nortenhos The Black Wizards. Sendo este um ano histórico para a banda, que arrancou com uma digressão europeia com passagens apoteóticas pelos Desertfest Londres e Berlin, chegaram ao verão e ombrearam com os maiores no Sonic Blast Moledo, sabendo aproveitar da melhor forma o horário nobre que lhes foi concedido. Para a reta final, há ainda o ataque à capital, surgindo como principal suporte aos cabeças de cartaz. Será certamente mais um momento de consagração com o público a exclamar "What the Fuzz!".

Mas certamente que não será apenas Joana Brito a remar para que a noite de sábado tenha domínio feminino. Os Black Mirrors estão de regresso a palcos nacionais depois de no início do ano se revelarem a grande surpresa do Monolithic Fest, tendo a sua "Funky Queen" como epicentro de uma atuação tanto hipnotizante como de electrizante. Hipnotizante é também a principal característica da frontwoman de Wucan, que com a sua flauta transversal adiciona pinceladas de natureza aos riffs já de si bem retro das guitarras da banda. Daqueles concertos de fechar os olhos e viajar para onde as imagens mentais levarem.

E não é tudo. Pelo RCA Club passarão também nomes como Her Name Was Fire, Parpar e The Crazy Left Experience, compondo um dia de puro prazer para qualquer amante de riffs e do imaginário setentista. As portas abrem às 18h e os concertos iniciam-se pouco depois. A entrada terá um custo de 25€.

 

por
em Artigos

Sound Bay Fest 2018: Os 70 voltam a dar à costa
Queres receber novidades?
Comentários
http://www.MOTORdoctor.PT
Contactos
WAV | 2018
Facebook WAV Twitter WAV Youtube WAV Flickr WAV RSS WAV
Queres receber novidades?