29
DOM
30
SEG
31
TER
1
QUA
2
QUI
3
SEX
4
SAB
5
DOM
6
SEG
7
TER
13
SEG
14
TER
19
DOM
20
SEG
21
TER

Uma viagem entre as eternas muralhas - Antevisão SWR Barroselas Metalfest XXI

14 de Abril, 2018 ArtigosWav

Partilhar no Facebook Partilhar no Google+ Partilhar no Twitter Partilhar no Tumblr

À conquista de Camden: Antevisão Desertfest London 2018

O que faz do Roadburn um destino tão especial?
Como é possível que, um ponto tão distante dos centros populacionais, tão pacato e com tão “pouco para se fazer”, como é a pequena vila de Barroselas, se torna tão grande no mapa dos fãs de música extrema? No que toca ao caminho, não há segredo, seja por comboio ou pela Nacional 308, não há percurso que não vá para Barroselas. Chega outro mês de abril que nos exige tanto de atenção como tendões e muito disponibilidade física. Barroselas é tradição e 2018 não é exceção à regra.

Começando pelo primeiro dia, o festival abraça a entrada em palco dos lendários Exhorder, decretados míticos do thrash de Louisiana, que prometem escavar um enormíssimo circle pit, à medida de esquadro e régua, no epicentro do palco principal. Quem for apreciador do som tradicional dos estilos mais extremos, terá o destino traçado para a visita imperdível dos noruegueses Obliteration, muito conhecidos por difundirem death metal puro e cru com punk e d-beat. Divagando para outro pólo do espectro, é de sublinhar a presença de Hexis, dinamarqueses internacionalmente reconhecidos por entregarem alguns dos mais catárticos e anatómicos sets de black/punk na Europa. Seguindo os mesmos passos, mas derivando agora para o grind, é incontestável o favoritismo que os Teethgrinder terão, quando no público desarmado, recair a descarga energética de deathgrind ultra-urgente e incendiario.

Com as engrenagens já a encaixar no ritmo, há que haver preparação para os Nifelheim. Este é indiscutivelmente um dos maiores nomes no black/thrash, uma identidade inconfundível no estilo. Motivos para os ver, só mesmo no inferno. Já que estarão no palco principal do Barroselas, porque não ambos? Por falar em inferno, o SWR terá também os checos Inferno com o seu black metal neurótico. Se houver quem goste de panoramas sónicos desesperados e completamente imersos em caos, não há como errar nesta time-slot. Os Interment, muito à face dos seus compatriotas no estilo, são tipos de poucas palavras, preferem deixar o som falar por si, e sendo que prometem devastar o público com death metal do mais imponente, é seguro dizer que os suecos têm muito para dar. O mesmo se pode dizer dos madrilenos Looking For An Answer com o seu grind desdentado a cuspir corja e a conduzir aceleração no seu mais bruto estado.

Dia de fecho e última chance para empurrar o aço o mais fundo na carne. Agathocles! Uma referência gritante nos livros. Entre breakdowns abismais com guitarras de sujidade negrume, o público terá diante si os mestres do eterno conhecimento através do caos. Carpathian Forest são outros senhores, desta feita provenientes do black metal norueguês. Esperem blast-beats, riffs gélidos e uma grande caralhada para quem não curtir de cabedal e muitos espigões. No campo do sludge ou doom, fica a dica para Suma, uma das grandes bandas presentes dentro do estilo, com uma listagem de lançamentos que preenche o olho a qualquer aficionado de riffs orelhudos e ritmos lamacentos; bem como para os incontornáveis Church of Misery, que prometem enfeitiçar até o mais duro dos metaleiros com o seu doom psicadélico. Altarage é um nome que é capaz de deixar qualquer ouvinte com o queixo caído no chão. Imaginando Portal com um som mais estrutural e não tão abstrato, pulsionando blast-beats cadavéricos e progressões profanas, é indispensável passar por este retorno dos bascos, sem os dar uma chance.

A não esquecer também algumas das bandas nacionais com maior potencial de deixar pegada no final do festival. Muita atenção ao death frontal dos Pestifer, Gaerea, Irae com o seu black de podridão e Process Of Guilt com o sludge/doom niilista e submisso à catarse via destruição. É com estes nomes, que fazemos a antecipação da edição XXI do Barroselas Metalfest. Vemo-nos por lá!

por
em Artigos

Uma viagem entre as eternas muralhas - Antevisão SWR Barroselas Metalfest XXI
Queres receber novidades?
Comentários
http://www.MOTORdoctor.PT
Contactos
WAV | 2018
Facebook WAV Twitter WAV Youtube WAV Flickr WAV RSS WAV
Queres receber novidades?