wav@wavmagazine.net | 2014 | PT
a
WAV

7 Bandas que te vão fazer querer ir ao Fusing

1908297_722432354469984_3701797688009014584_n

Capicua

Decidimos fazer isto por ordem cronológica, e logo no primeiro dia de festa da Figueira da Foz estará a princesa ”comandante da guerrilha cor-de-rosa”, é verdade, Ana Matos vai apresentar o que de melhor se faz no panorama do rap/hip-hop nacional. Com dois álbuns editados e muita ”genica” em palco, este concerto é um daqueles que não deixará ninguém indiferente. Esperemos que traga na bagagem os Mistah Isaac para ainda tocarem as versões acústicas que todos adoram.


 

white-haus

White Haus

O novo projeto do ex-X-Wife (muitos ‘x’ presentes nesta palavra, gostaríamos que fosse apenas um) promete levantar os mortos das campas dos cemitérios mais próximos do palco Experience, e que experiência será! Dono de um dos melhores álbuns de electrónica editados em Portugal, no ano corrente, e com um E.P. que fez sucesso no verão passado em inúmeras rádios locais e nacionais, João Vieira fará a festa que for preciso para meter o público em delírio durante a sua performance, quem nunca dançou como um louco o single “How I Feel”? Garantimos que qualquer corpo dançante, presente neste concerto, fará o Tom Yorke ficar roído de inveja.


 

532703_10150764068937158_1537772745_n

Octa Push

Este duo (que conta ao vivo com a presença de Alex Klimovitsky dos Youthless) fará de tudo para que nos sintamos no meio de uma tribo africana, e sejamos sinceros, estes senhores misturam muito bem a influência Africana com a electrónica atual, “Quebu Sabe” e “Mambowrps” são bons exemplos disso. Quem já os viu ao vivo sabe a festa que lhe espera, quem ainda não teve essa oportunidade, não se vai arrepender e é bom levar um bom par de ténis de modo a não sair dali com calos nos pés.


 

1376421_10151991581821639_70459507_n

Peixe:Avião

No mesmo dia dos loucos Octa Push (anteriormente referidos) vão também atuar os Bracarenses Peixe:Avião, detentores de um dos melhores álbuns portugueses do ano passado (e de um concerto soberbo no Mexefest do ano passado (arriscamos a dizer que tenha sido o melhor de todo o festival), passarão pela Figueira da Foz para deixar o seu smog psicadélico a pairar no ar. Um concerto que tem tudo para correr bem. Alguém já viu um concerto mau de Peixe:Avião!? Aí têm a vossa resposta…


 

img-1018638-coquetel-molotov-cicero

Cícero

A coqueluche da música brasileira atual, regressa a Portugal para cantar e encantar os presentes com as músicas dos seus dois, aclamadíssimos, álbuns, Canções de Apartamento e Sábado (que conta com participações de Marcelo Camelo e SILVA). Um dos melhores representantes da nova vaga da MPB, que tal como os Peixe:Avião, também proporcionou um belo concerto no Mexefest passado. E nós queremos repetir a dose! Definitivamente a não perder!


 

b fachada

Fachada

No último dia o palco ”abre-se” para o contraditório B Fachada (ou, agora, só Fachada). Regressado das cinzas, após um ano sabático, Fachada tem dado poucos concertos até então. Esperemos assim, que veja a sua presença neste festival com um bom motivo para tocar as suas novas músicas sem esquecer os clássicos da sua longa e vasta discografia. Um concerto, por muitos aguardado e por outros tantos desprezado. Uma coisa é certa, Bernardo Fachada sabe como fazer música Portuguesa, no seu mais puro sentido.


 

Dead Combo

Dead Combo

Para encerrar esta lista, escolhemos os Dead Combo, não só pela sua história e projeção internacional, como tambem, pela forma exímia como tocam os seus instrumentos ao vivo. É provável que a maioria do publico que estará presente neste festival já os tenha visto ao vivo, pelo menos uma vez, menos provável é que tenham ouvido ao vivo as músicas do seu mais recente longa-duração A Bunch Of Meninos. Um concerto que serve de consagração a quem são os Dead Combo em 2014, uma banda que leva Portugal aos quatro cantos mundo e eleva a música Portuguesa a um patamar onde nunca antes se encontrou.


E são estas as 7 bandas que nos parecem aquelas que ninguém deve perder. 7 por ser ímpar, 7 por ser uma maravilha, 7 por serem os pedados mortais e 7 por este ser o número de Luís Figo, que com sorte ainda o avistamos na praia, num dos dias do festival. 7+7+7+7=FUSING

E quem ainda não ficar satisfeito com estas 7, sempre pode recorrer ao bónus (o 8) e ir sofrer “Por você” com o “Paulo Firmino” ao som dos Sensible Soccers no Palco Experience, dia 14.

Share Button

Comentarios

comentarios

Por Diogo Alexandre / 17 Julho, 2014

About the author /


Um gajo que gosta de música e escreve coisas estranhas.

~