wav@wavmagazine.net | 2014 | PT
a
WAV

Mayhem: De Mysteriis Dom Sathanas prestes a assolar Lisboa

Mayhem no Resurrection Fest 2017

Com tão pouco tempo de recuperação após a muito memorável e física performance dos Mayhem na vigésima edição do Barroselas, a SWR Inc. veio a confirmar que em outubro poderemos contar com um retorno em grande dos noruegueses em terras lusas. Ainda com o foco no De Mysteriis Dom Sathanas, a banda fará a vontade aos fãs do sul do país, ao tocar na capital a 12 de outubro.

O concerto tomará lugar na sala Lisboa Ao Vivo em Braço de Prata, com um alinhamento de abertura que muito promete para estar à altura dos cabeças de cartaz. Poderá contar-se com os portugueses The Ominous Circle, cuja presença tem sido notavelmente destacada pelas mais profundas camadas do underground, que exibirão o som, tão devastador quanto uma catástrofe natural, da sua estreia: Appaling Ascension. Após estes, entrará em palco um grupo que muitos portugueses têm cobiçado ao longo dos anos com imensa admiração e fulgor: Dragged Into Sunlight. Quem já ouviu o infame Hatred For Mankind, entende a complexidade de um som puramente depravado, sujo, primal, sem grandes argumentações e cortante até à sua mais desgastante aresta. É de esperar uma performance por parte destes que faça justiça às palavras acima descritas.  

No que toca aos Mayhem, poucas palavras são verdadeiramente necessárias para descrever a vastidão do som de um dos álbuns mais emblemáticos para a definição do metal extremo e mais especificamente: o black metal. De Mysteriis Dom Sathanas absorve mutações com uma flexibilidade de arrepiar. Tomando em conta que a banda consegue navegar com toda a postura e equilíbrio entre descargas de elevada energia, sem nunca perder uma palpitação de liricismo atmosférico. O álbum ganhou o direito em se apresentar como uma obra-prima, muito pela sua aversão ao humano e à sua atitude vampírica não-domesticada, cuja força orquestral mantém-se até aos dias de hoje, sem paralelos.

Dia 12 de outubro, fazer-se-à a receção a Nosferatu e a todo o seu clima nórdico, sufocante e anémico. Depois da brutalidade em Barroselas, é um erro crasso não matar a saudade. Se tiverem oportunidade, não hesitam. Os bilhetes ainda estão à venda.

 

Share Button

Comentarios

comentarios

Por João "Mislow" Almeida / 9 Outubro, 2017

Deixar um comentário

About the author /


~