wav@wavmagazine.net | 2014 | PT
a
WAV

Porque não se pode perder o Milhões de Festa: Parte 4 – A Piscina

15342851111_6c77b2a57b_o_DONE

Durante três semanas fomos servindo antevisões sobre o Milhões de Festa dando-vos as melhores razões em cartaz para não perderem a edição deste ano. Foram três semanas a fazer a digestão para agora mergulhar naquele que é um dos ex libris do festival: a piscina!

Com curadoria assegurada pela Red Bull Music Academy Radio, o palco Ginga Beat promete o ambiente mais exuberante para as tardes de Barcelos. Nesta antevisão fazemos passagem por quatro musicalidades diferentes, que em comum predispõem-se a criar um ambiente descontraído e divertido com a forte inclinação para o bater de pé em toque de ritmo com muito movimento de anca à mistura.

• Pista

 

Pista7

Com um álbum ainda por editar, é curioso observar o nome que os Pista já têm no panorama musical nacional. Cláudio Fernandes, Bruno Afonso e Ernesto Silva compõe este trio que se diverte tanto a si próprio como os que deles desfrutam.

“Puxa” foi anunciado como single em 2014, e a verdade é que já em julho de 2015, a música continua tão “boa onda” como na primeira audição dela. O tropicalismo não está apenas nos anazes estampados nas camisas, mas também nas melodias contagiantes que os Pista tão bem fazem.

Adiciona-se a essa sonoridade tropical uma piscina e a imagem que se cria só pode ser de umas solarengas férias. Sobem ao palco dia 26, e prometem por toda a gente a dançar, fora e dentro de água. Estes Pista transpiram Piscina do Milhões por todos os poros.


 

• Al Lover

 

13296

Alex Gundlach vem de São Francisco para Barcelos trazer aos marinheiros de piscina uma viagem que se traduz no ato de alucinar. Ele é Al Lover, um talentoso produtor/compositor que coloca o psicadelismo no mapa do palco Ginga Beat.

Presença assídua no Austin Psych Fest, a sua música faz-se pelo revivalismo do psicadélico. Apesar de ser um criador de beats, musicalmente o som das suas criações confunde-se com gravações analógicas de uma antiga banda.

Misturando as suas influências e os seus gostos, e com Cave Ritual ainda bem fresco, Al Lover promete criar um ambiente transcendental concentrando numa piscina distintas galáxias musicais. Tudo isto dia 26, a não perder.


 

• TOCHAPESTANA

 

TOCHAPESTANA_duo_by-PC

Conheceram-se na faculdade e, muito antes de se lançarem neste projeto, a música já os ligava, com Ana Bacalhau, através dos Lupanar. Tocha e Pestana juntam-se nesta aventura para revolucionar um passado que os imita num futuro próximo.

Este duo de baile popular não tenta ser uma alternativa intelectual do pimba. Pelo contrário: o rock, o techno e o pop dos anos 80 fundem-se mergulhados em essência glam para criarem as melodias mais excêntricas da música nacional.

Preparem-se para soltar a anca, pois trazem Música Moderna na bagagem e é ele que o vão apresentar no Milhões de Festa dia 24. Com músicas como “Lisboa” prometem deixar os festivaleiros num estado de una coreografia ao nível do viciante refrão de “Poesia” do Duo SãoLindas.


 

• LAmA

 

15159456798_526d8d5e83_o_DONE

Shela c/ Riding Pânico @ Milhões de Festa 2014 © Wav/Bruno Pereira

Conhecido entre todos nós como “Shela”, João Pereira traz até Barcelos o seu novo projeto: LAmA. Com PAUS, Riding Pânico e If Lucy Fell no curriculum, lança-se agora num projeto a solo para explorar uma vertente mais eletrónica.

Camada por cima de camada faz a tecelagem musical entre diferentes texturas e ritmos num quase exercício infinito. Com Sono editado em finais de 2014, mostra-nos um trabalho incrivelmente delicado com a plena consciência de que o som é tão importante como o silêncio para se fazer boa música.

Com concerto marcado para dia 25, a piscina do Milhões vai banhar-se num mar sensorial onde os que anseiam encontrar o equilíbrio da alma irão ver em LAmA uma fonte de água sacra na qual se podem saciar.

Share Button

Comentarios

comentarios

Por João Rocha / 14 Julho, 2015

Deixar um comentário

About the author /


~