wav@wavmagazine.net | 2014 | PT
a
WAV

Vagos Metal Fest 2016 • A antevisão

13246183_958137140974652_3612479648755971920_o

Depois de alguns meses de impasse que fustigou toda a comunidade metaleira nacional com a passagem do outrora conhecido como Vagos Open Air para a localidade de Corroios, parece que a festa vai mesmo continuar a norte do rio Mondego, desta feita sob o nome de Vagos Metal Fest e organizado por uma promotora diferente, de nome Amazing Events. Foi desta repentina mudança que apanhou todos desprevenidos, incluve a Câmara Municipal de Vagos, que este festival se começou a desenhar. E ora bem, o anúncio da deslocação aconteceu em janeiro e as primeiras confirmações surgiram em maio, para um festival que se realizaria em Agosto: foram ao todo precisos apenas sete meses para se conseguir levar avante este Vagos Metal Fest.

Desde já devemos manifestar a nossa surpresa em ver como um festival com tão pouco tempo de planeamento consegue adquirir um cartaz tão apelativo e arriscado, trazendo nomes tão díspares, porém igualmente bons, como Betraying The Martyrs e Discharge, apelando a diferentes públicos e mostrando que apesar do mote principal do festival ser o metal/rock pesado, há espaço para tudo. E há muito boa música nos seus diferentes subgéneros, ou não tivéssemos, para além dos nomes já mencionados, outros como Vektor, Finntrol ou até mesmo os ora amados ora odiados Moonspell, figuras-proa do metal em Portugal, que nunca tiveram oportunidade de tocar no antigo festival devido a divergências ainda mais antigas com a organização.

Em destaque surgem os Dark Funeral (que atuam no dia 13 de agosto) e os Helloween (que passam por Vagos a 14 de agosto), dois headliners de peso. Os primeiros, com mais de 20 anos e 6 discos de puro Black Metal escandinavo, ao que consta, já cá não vêm há 17 anos, tendo o último concerto decorrido no antigo Hard Club, onde também atuaram os extintos Immortal. Os segundos, donos de um portento Power Metal, também por cá não passam há exatamente uma década. Dois nomes há muito aguardados em território nacional que provam que o novo Vagos não veio aqui para trazer o mesmo de sempre, arriscando logo desde a primeira edição.

A apoiar tamanhos regressos contamos também, no dia 13 de agosto, com o excelente Death Metal Sinfónico e Técnico dos italianos Fleshgod Apocalypse, que regressam a território nacional com novo disco, King, e após um brilhante concerto na edição de 2015 do SWR Barroselas Metalfest. Um concerto que aguardamos com altas expectativas, tal como o dos Vektor, banda detentora de um dos discos Thrash que mais burburinho causou este ano, devendo proporcionar muito mosh e circle pit, como já é costume. No dia 14 cabe aos britânicos, Discharge, criadores do D-beat, mostrar aos portugueses que o punk nunca morreu, e aos Finntroll proporcionar não a verdadeira Festa de Sábado à noite mas, neste caso, a de domingo.

Na armada portuguesa antecipam-se nomes importantíssimos como os já referidos Moonspell, os incrivelmente subvalorizados Heavenwood, os clássicos RAMP e, com um dos melhores discos (se não mesmo o melhor) de metal nacional lançado no ano transato, os Bizarra Locomotiva. Tudo da colheita dos noventas. Do novo milénio chegam-nos os novos Correia (projeto dos irmãos Mike e Poli Correia) e os não-tão-novos Godvlad, que acabam de lançar Dark Streets Of Heaven, marcando o pináculo da sua década de existência.

O local, esse, é o mesmo das últimas duas edições do defunto Vagos Open Air: a Quinta do Ega, que assim volta a ser palco de um dos grandes eventos de metal a nível nacional. Apesar do festival apenas se iniciar oficialmente no dia 13, será possível aceder ao campismo a partir de dia 11 (quinta-feira), havendo direito a festa de receção ao campista no dia seguinte e afters após os concertos na zona comercial da vila. E para colmatar esta torrente de boas notícias é divulgado que serão disponibilizados comboios a 2€ desde o Porto a quem tencione ir ao festival e desconto de 30% na compra do bilhete de comboio para as pessoas residentes noutras localidades. Melhor era impossível.

Entretanto os horários já são conhecidos e podem ser consultados mais abaixo. O resultado do passatempo para conferir aqui.

 

HORÁRIOS

Sexta dia 12:
12H – Abertura oficial do campismo e bilheteiras
22H – Festa Rockline Tribe – Receção ao Campista

Sábado dia 13:
17H – Correia
17:45 – Vektor
18:45 – Betraying The Martyrs
19:40 – RAMP
20:40 – Fleshgod Apocalypse
22:30 – Dark Funeral
00:30 – Bizarra Locomotiva
After Party – Rockline Tribe + DJ António Freitas

Domingo dia 14:
17:00 – Godvlad
17:45 – Heavenwood
18:45 – Tribulation
19:40 – Discharge
20:40 – Finntroll
22:30 – Helloween
00:30 – Moonspell
After Party – Rockline Tribe

Os bilhetes ainda se encontram à venda na rede Ticketline com a seguinte modalidade de preços:
Passe 2 dias – 45,00€ (pré venda); 50,00€ (nos dias do Festival)
Bilhete diário – 30,00€ (pré venda); 35,00€ (nos dias do Festival)

 

13923836_1004390746349291_5099659011505787900_o

Share Button

Comentarios

comentarios

Por Diogo Alexandre / 8 Agosto, 2016

Deixar um comentário

About the author /


Um gajo que gosta de música e escreve coisas estranhas.

~