16
TER
17
QUA
18
QUI
19
SEX
20
SAB
21
DOM
22
SEG
23
TER
24
QUA
25
QUI
26
SEX
27
SAB
28
DOM
29
SEG
30
TER
31
QUA
1
QUI
2
SEX
3
SAB
4
DOM
5
SEG
6
TER
7
QUA
8
QUI
9
SEX
10
SAB
11
DOM
12
SEG
13
TER
14
QUA
15
QUI
16
SEX

Indouro Fest 2015: O que esperar – Parte 2/6

12 de Março, 2015 NotíciasLuís Sobrado

Partilhar no Facebook Partilhar no Google+ Partilhar no Twitter Partilhar no Tumblr

Um Ao Molhe passa neste final de semana por Viana do Castelo e Monção

10 000 Russos regressam com novo álbum em Maio
indouro © João Paulo Andrade

Depois de na semana passada termos explorado o rock atlético dos British Sea Power e o fuzz de Lorelle And The Obsolete, apresentando-vos pelo meio dois dos mais interessantes nomes portugueses do Indouro Fest 2015, esta semana espera-nos uma visita a Londres, o epicentro do mundo psicadélico onde vivem os TOY (não confundir com "o" Toy, estes não usam calças de bombazine próprias para se guiar na auto-estrada a 200 km/h com o joelho).

Para além disso, espera-nos o regresso à pop francesa que, com a criação da personagem de Melody Nelson, Serge Gainsbourg revolucionou. Como não podia deixar de ser, apresentamos duas bandas portuguesas. Numa viagem pela A1, os lisboetas Rainy Days Factory encontram o seu sol no Porto, nos Rated With An X.

TOY-1

- TOY

Da mesma fornada da neo-psychedelia que nos tem bombardeado nos últimos anos, juntamente com bandas como The Horrors, Temples, The Wytches ou os Tame Impala.

Formados em 2010, contam com dois longa-duração: primeiro o homónimo TOY de 2012 e depois Join The Dots, lançado no ano seguinte, ambos largamente influenciados não só pelo shoegaze de uns Ride ou pelo pós-punk dos Jesus And Mary Chain como também pela vibe Madchester dos Stone Roses.

Directamente de Londres, são um dos cabeças de cartaz do Indouro Fest 2015 e o quinteto formado por Tom Dougall, Dominic O'Dair, Maxim Barron, Alejandra Diez e Charlie Salvidge assume-se cada vez como uma das grandes promessas da já histórica Heavenly Recordings.

Os singles "Left Myself Behind" e "Motoring", do primeiro disco, e "Join The Dots", faixa-título do álbum lançado em 2013, são três das fan-favourites e três das mais prováveis canções a figurar no alinhamento do concerto nas margens do Douro.





 

TIM060.Liminanas.CostaBlanca.LPjkt

- The Limiñanas

The Limiñanas é mais um dos projectos assumidamente revivalistas a fazer parte do cartaz do Indouro Fest 2015. O duo oriundo de Perpignan composto por Marie e Lionel Limiñana capta na perfeição a essência da pop francesa dos anos 60.

Lionel é o homem dos sete instrumentos (literalmente), Marie é a baterista e ocasional vocalista, sendo que muitas vezes se junta um vocalista ao duo para as actuações ao vivo. Influenciados por Serge Gainsbourg e pelo yé-yé-yé dos sixties, The Limiñanas é um dos mais interessantes e sensuais projectos a marcar presença em Gaia nos dias 2 e 3 de Maio. Contam com três álbuns na discografia, sendo o último deles Costa Blanca, de 2013. 2015 trará à luz do dia Traité De Guitarres, disco de colaboração com Pascal Cornelade.





 

rainy days

- Rainy Days Factory

Os lisboetas Rainy Days Factory marcarão presença na Cidade Invicta como mais uns dos representantes do revivalismo pós-punk, tão presente no cartaz.

À primeira audição, o baixo dedilhado de Óscar Coutinho e os teclados de Pedro Code fazem-nos lembrar dos The Cure. Já a voz grave ou a bateria militar de João Vitorino de uns Joy Division ou da versão mais recente da banda de Manchester, os Editors. Contam com um EP e um LP no catálogo: o longa-duração, Oceans Of Tears, foi lançado em 2013 e é certamente um dos discos mais interessantes dos que foram lançados pelas bandas portuguesas do cartaz do Indouro Fest 2015.





 

- Rated With An X

Rated With An X é mais um promissor projecto portuense. Romeu Fernandes e João Maia deram início à banda há quase 15 anos, mas só em 2012 foi editado Black Codex, disco de estreia do grupo que entretanto aumentara o seu contigente para cinco elementos.

Punk no espírito e no sentido crítico, embora mais comedidos e até minimalistas musicalmente, juntam um rock que alterna entre o abrasivo e o catchy a letras de forte motivação política. "Red Dress" mostra tudo o que têm de bom estes Rated With An X. Projeto maiato a ter em muita atenção.



Tudo isto para ver e ouvir na edição de 2015 do Indouro Fest.
por
em Notícias

Indouro Fest 2015: O que esperar – Parte 2/6
Queres receber novidades?
Comentários
http://www.MOTORdoctor.PT
Contactos
WAV | 2018
Facebook WAV Twitter WAV Youtube WAV Flickr WAV RSS WAV
Queres receber novidades?