14
QUI
17
DOM
18
SEG
23
SAB
24
DOM
25
SEG
26
TER
27
QUA
28
QUI
29
SEX
30
SAB
31
DOM

Mucho Flow anuncia primeiros nomes para 2017

16 de Agosto, 2017 NotíciasWav

Partilhar no Facebook Partilhar no Google+ Partilhar no Twitter Partilhar no Tumblr

Melvins e Graveyard encabeçam Desertfest Belgium • Alinhamento diário e bilhetes à venda

TRC Zigurfest 2017 • Anunciados primeiros nomes e Warm Up


 

O Mucho Flow regressa mais uma vez à cidade de Guimarães, voltando a medir o pulso à música este ano a 7 de outubro. O festival vimaranense decorre, como habitual, no edifício do CAAA, Centro para os Assuntos da Arte e Arquitectura.

Para além da data, estão já anunciados os primeiros nomes, do rock alternativo ao hip-hop e electrónica. Horse Lords, Nadia Tehran, God Colony, Chinaskee & Os Camponeses e Scúru Fitchádu estarão então presentes na 5ª edição do festival.

O festival é promovido e organizado pela Revolve e os bilhetes (ainda sem preço anunciado) estarão à venda em breve.

 



 

Nadia Tehran é protesto em forma de hip-hop, é uma voz revolucionária contra ideais políticos e culturais opressivos. Nascida na Suécia, mas com raízes no Irão, Nadia combina os beats fortes da electrónica nórdica com influências do Médio Oriente, sempre com letras provocativas e energia furiosa.

A sonoridade dos Horse Lords é cocktail que leva rock, jazz, minimalismo clássico e mistura-lhe uma infusão de sons tradicionais Indianos e Árabes, tudo assente em experimentalismo no seu estado mais puro. É uma fusão que pode ser difícil de abordar, mas fascinante de se explorar. Com “Interventions” (2016) a receber rasgados elogios da crítica, é com grande antecipação que se aguarda que este quarteto de Baltimore pise o palco.

Vindos de Londres, o duo GOD COLONY apresenta uma electrónica crua e industrial, que oscila entre um ambiente mais atmosférico, com batidas mais lentas, e um som mais acelerado, com influências de hip-hop. O EP “Where We Were” (2017) junta-lhe o hip-hop de Flohio e StashMarina, que dão letras e voz à batida, numa combinação que resulta numa sonoridade marcadamente urbana.

CHINASKEE & OS CAMPONESES é um projecto de Miguel Gomes que nos traz um lo-fi com laivos de dream pop, indo buscar inspiração a Tame Impala ou Arctic Monkeyspara recriar um som reminiscente duma adolescência ainda a ser vivida e sonhada. Com letras introspectivas e melancólicas, Chinaskee ganha uma vida nova em palco, com performances enérgicas e vibrantes. Estarão a apresentar o disco de estreia "Malmequeres" com edição Revolve agendada para meados de Setembro.

SCÚRU FITCHÁDU, do criolo Escuro Cerrado ou Denso, é uma encruzilhada entre as linhas de baixo distorcidas, as baterias aceleradas, o noise e a concertina/ferro. Projecto mais recente do produtor Sette Sujidade, desbrava novas linguagens entre a tradição do funaná caboverdiano e a fúria do punk. O resultado é, por isto tudo, complicado, distinto, invulgar e sujo e tem tomado em assaltos de pancada o universo da música nacional. Tocam pela primeira vez em Guimarães.
por
em Notícias

Mucho Flow anuncia primeiros nomes para 2017
Queres receber novidades?
Comentários
http://www.MOTORdoctor.PT
Contactos
WAV | 2017
Facebook WAV Twitter WAV Youtube WAV Flickr WAV RSS WAV
Queres receber novidades?