21
QUA
22
QUI
23
SEX
24
SAB
25
DOM
26
SEG
27
TER
28
QUA
29
QUI
30
SEX
1
SAB
2
DOM
3
SEG
4
TER
5
QUA
6
QUI
7
SEX
8
SAB
9
DOM
10
SEG
11
TER
12
QUA
13
QUI
14
SEX
15
SAB
16
DOM
17
SEG
18
TER
19
QUA
20
QUI
21
SEX

Diabo na Cruz @ Teatro Tivoli BBVA - Lisboa [26Fev2015] Texto+Fotos

05 de Março, 2015 ReportagensDiogo Alexandre

Partilhar no Facebook Partilhar no Google+ Partilhar no Twitter Partilhar no Tumblr

Norton @ Musicbox - Lisboa [28Fev2015] Texto + Fotos

Equations + Tresor&Bosxh @ Café au Lait - Porto [27Fev2015] Foto-reportagem
diabo (17)_DONE

Foi na quinta-feira passada que o roque popular dos Diabo Na Cruz invadiu e encheu o Teatro Tivoli BBVA, em plena Avenida da Liberdade. A 5 minutos do espetáculo se iniciar ainda haviam pessoas a entrar e a dirigirem-se aos seus respetivos assentos. Assentos, esses, em que permaneceram muito pouco tempo pois logo à segunda música, “Duzentas Mil Horas”, e após “Canção do Monte” tocada em crescendo como que se estivessem a aquecer o motor, todo o público que encheu o Tivoli se encontrava de pé.

“Combate Com Batida” (sem Sérgio Godinho) e “Tão Lindo”, presenças já habituais nos alinhamentos da banda Lisboeta, despoletam calorosos coros e algum sentimento nostálgico pois já lá vai o ano de 2009 em que estes senhores se apresentavam ao mundo. De regresso a 2014, segue-se “Ganhar O Dia”, que prova que o público recebeu tão bem este novo disco que três meses após a sua edição já sabe todas as músicas de cor. Os velhos clássicos confundem-se com os novos. "Os Loucos (...)" chegaram e nem se notou a diferença.

Após mais duas incursões pelo disco homónimo, chega o momento inesperado da noite. A meio de “Casamento” e após Jorge Cruz se ter ausentado do palco para distribuir abraços às pessoas das primeiras filas, João Gil interrompe a música a meio, e após alguns agradecimentos, chama a sua namorada ao palco (Joana?), ajoelha-se, e pede-a em casamento, em frente a todas aquelas pessoas. Não eram milhares mas foram o suficiente para deixar embasbacada e envergonhada a sua namorada que acabou por aceitar tão inusitado pedido. “Em que dedo é que é?” pergunta João Gil à sua noiva, o que soltou uma risada geral no público. A música prosseguiu com os espectadores ao rubro. “Tudo pode acontecer num concerto dos Diabo Na Cruz”.

“Luzia” ganha diferentes contornos neste concerto, sendo acompanhada (quase) totalmente ao piano. Esta foi a música mais calma da noite e aquela em que o público menos interagiu. O Roque Popular continuou com “Estrela da Serra”. Os três derradeiros singles da banda foram deixados para o fim, “Dona Ligeirinha”, “Sete Preces” e “Vida de Estrada” foram tocados de seguida antes da banda fazer um intervalo na sua atuação.

O sexteto maravilha regressa pouco tempo depois para a interpretação de “Moça Esquiva”, mantendo a alegria no ar. Em “Chegaram Os Santos” ocorre um “comboio” iniciado pelo próprio cantor da banda. O comboio deu tantas voltas à sala que, às tantas, acabou mesmo por ter que ir parar acima do palco, permanecendo por lá até ao fim da atuação. “Fecha a Loja” encerrou o set com cerca de 40 pessoas em palco, a cantar e a saltar, ao mesmo tempo que a banda interpretava a sua música. O público abraçou a banda, despediu-se e, enquanto algumas pessoas já se deslocavam para as portas de saída, eis que Jorge Cruz e Bernardo Barata entram em cena, outra vez, para regozijo dos fãs que os aplaudiam, incessantemente, em pé na primeira fila.

“Sabe, sabe, o povo todo sabe” foram as palavras de ordem deste segundo regresso. Um segundo encore constituído apenas por novas canções que os presentes cantavam na ponta da língua: “Mó De Cima” e “Armário Da Glória”.

Hoje em dia poucas bandas fazem dois encores e terminam concertos com canções novas que nem single são, sequer. Um Tivoli cheio para uma banda portuguesa não é para qualquer um. Os Diabo Na Cruz mostraram como é que se faz, presenteando-nos com um belíssimo e enérgico concerto, provando que conseguem ser ainda melhores ao vivo do que em estúdio e que quando se trata de concertos de Diabo Na Cruz “vale sempre a pena aparecer”.

por
em Reportagens

Diabo na Cruz @ Teatro Tivoli BBVA - Lisboa [26Fev2015] Texto+Fotos
Queres receber novidades?
Comentários
http://www.MOTORdoctor.PT
Contactos
WAV | 2018
Facebook WAV Twitter WAV Youtube WAV Flickr WAV RSS WAV
Queres receber novidades?