8
SAB
9
DOM
10
SEG
11
TER
12
QUA
13
QUI
14
SEX
15
SAB
16
DOM
17
SEG
18
TER
19
QUA
20
QUI
21
SEX
22
SAB
23
DOM
24
SEG
25
TER
26
QUA
27
QUI
28
SEX
29
SAB
30
DOM
31
SEG
1
TER
2
QUA
3
QUI
4
SEX
5
SAB
6
DOM
7
SEG
8
TER

Kvelertak - Gruenspan, Hamburg [28Fev2020] Texto + Fotos

09 de Março, 2020 ReportagensBruno Pereira

Partilhar no Facebook Partilhar no Google+ Partilhar no Twitter Partilhar no Tumblr

Beartooth - Trix, Antwertp [1Mar2020] Foto-reportagem

Monster Magnet - Sala Capitol, Santiago de Compostela [21Fev2020] Texto + Fotos
Depois de um período mais conturbado com saída de vocalista e baterista, os noruegueses Kvelertak regressam este ano a todo gás com com um novo disco e respetiva digressão. Splid surpreendeu. Traça claramente um novo caminho, bem evidenciado com a abordagem mais punk e hard rock, sem com isso se perder a essência única da banda. A par da lufada de ar fresco que a sua sonoridade representou na última década, os Kvelertak alicerçaram também fama como uma das mais vibrantes e intensas bandas ao vivo, sendo então muita a expectativa de se perceber como esta nova era é transposta para palco. O ponto de encontro escolhido foi Hamburgo na Alemanha, na lindíssima sala Gruenspan (de inspiração industrial), que esgotou por completo para esta noite. 

E não foi preciso esperar muito para se escutarem as novas malhas. “Rogaland” abriu o concerto, tal como o disco, seguindo-se uma ordem quase fiel da primeira metade do álbum, apenas com ”Bruane Brenn” e “1985” pelo meio. De imediato também se percebeu que qualquer expectativa quanto à performance de Kvelertak ao vivo seria fielmente confirmada. Um verdadeiro vulcão de energia, que de início ao fim induz um calor infernal e em que a cascata de lava se propaga em forma de crowdsurfers. Explosão que se faz acompanhar por um autêntico furacão de riffs a uma intensidade tal, que varre tudo que aparece à frente. Fica novamente provado que os Kvelertak são das bandas que melhor consegue fluir a energia entre palco e público. 

O novo vocalista, Ivar Nikolaisen (já há um ano na banda) integrou-se de uma forma completamente natural na estética destes noruegueses, apesar de um estilo próprio e totalmente distinto do seu antecessor. Trouxe ainda mais irreverência punk e uma atitude absolutamente frenética. É impossível passar uma noite sem se atirar constantemente ao crowdsurf ao longo de um concerto.

A intensidade avassaladora viria apenas a baixar momentaneamente à passagem da dupla mais expansiva “1985” e “Tevling”, e por um problema técnico numa das guitarras que obrigou a uma ligeira paragem. Momento aproveitado para algumas tiradas de humor entre os membros da banda e para o público recuperar um pouco do fôlego, para uma reta final de concerto ainda mais caótica com temas maioritariamente mais antigos. “Blodtørst” e “Mjød” foram celebradas com o maior dos entusiasmos e, de uma ponta à outra da sala, era literalmente impossível vislumbrar-se alguém pregado ao chão. A cada blast beat, mais possuída se mostrava a multidão e mais furioso ficava o moshpit ao centro. O público alemão revela-se sedento por rock e adere ao concerto de uma forma verdadeiramente apaixonada, acabando por se mostrar como ingrediente ideal para compactuar com a energia de Kvelertak.

Ainda se abriria um nova janela a Splid. A viciante “Bråtebrann” foi o tema escolhido para a enorme apoteose aparentemente final. Mas quem já viu Kvelertak sabe que faltaria certamente um encore, pois o ponto final é dado pelo autêntico hino que é “Kvelertak”, faixa tradicionalmente acompanhada pela carismática bandeira a esvoaçar perante o público. É quase impossível que os inconfundíveis riffs deste tema homónimo não fiquem a murmurar na cabeça de qualquer um a caminho de casa. Uma despedida épica de uma banda épica.

Kvelertak


Blood Command e Planet of Zeus
por
em Reportagens
fotografia Bruno Pereira

Kvelertak - Gruenspan, Hamburg [28Fev2020] Texto + Fotos
Queres receber novidades?
Comentários
http://www.MOTORdoctor.PT
Contactos
WAV | 2020
Facebook WAV Twitter WAV Youtube WAV Flickr WAV RSS WAV
Queres receber novidades?