18
QUI
19
SEX
20
SAB
21
DOM
22
SEG
23
TER
24
QUA
25
QUI
26
SEX
27
SAB
28
DOM
29
SEG
30
TER
31
QUA
1
QUI
2
SEX
3
SAB
4
DOM
5
SEG
6
TER
7
QUA
8
QUI
9
SEX
10
SAB
11
DOM
12
SEG
13
TER
14
QUA
15
QUI
16
SEX
17
SAB
18
DOM

Milhões de Festa 2015 – Dia 2 [25Jul] Texto + fotos + vídeo

26 de Julho, 2015 ReportagensWav

Partilhar no Facebook Partilhar no Google+ Partilhar no Twitter Partilhar no Tumblr

Milhões de Festa 2015 – Dia 3 [26Jul] Texto + fotos + vídeo

Milhões de Festa 2015 – Dia 1 [24jul] Texto + fotos + vídeo


Dia 0 | Dia 1 | [Dia 2] | Dia 3




 

 

 

piscina-14.jpg.jpg

Naquele que possivelmente foi o dia mais quente de todo o festival, soa um pouco contraditório que os concertos do palco Ginga Beat tenham passado um pouco despercebidos. Por lá Chancha Via Circuito faziam a exceção e colocavam muita gente a dançar com sons sul-americanos tradicionais, mas transformados em música do século XXI.

No Taina Éme, encantava um público sentado em estado de introspeção com as melodias de Último Siso a servirem de banda sonora. Saíram do “coma” com a chegada dos Go!Zilla: rock inspirado seguindo a boa moda dos Thee Oh Sees (não é por acaso que o vocalista enverga uma t-shirt da banda), levou ao delírio musical dos que por lá andavam.



No entanto, apesar do dia solarengo, o Sol só se fez sentir era já de noite. Michael Rother foi a verdadeira estrela do dia. Subiu ao palco acompanhado por mais dois músicos, e assim em três músicos perfaziam-se uma variada lista de boas bandas: NEU!, Harmonia, Camera, La Düsseldorf, por exemplo. Não obstante, os dois outros membros eram uma incógnita para a maior parte do público, tanto que quando Rother inquire se conhecem Dieter Moebius. Muitos foram os que começaram a aplaudir como se ele estivesse a preparar-se para apresentar o resto da banda. Esses mesmos não conseguiram guardar a surpresa e o desconforto quando o fundador dos NEU! dedica todo o concerto ao seu colega que falecera na semana passada, ouvindo-se assim um exclamado e sofrido “Oh”.

Apesar de tudo isso, Moebius ficaria contente com o gesto (entenda-se que o gesto é todo o concerto). Com um ecrã no palco a reproduzir imagens em loop, o krautrock ganhava uma forma visual: eram estradas, e abstracionismos industriais que indicavam movimento, que acompanhavam a sonoridade do “motorika”. Em Barcelos a história encontrou um lugar no presente, e um público perfeitamente consciente que sem as músicas como “Hallogallo”, a cena musical seria algo totalmente diferente e sem sabor nos dias de hoje. Numa entrega total, o público guardará para sempre a estreia de Michael Rother em Portugal e ele apercebeu-se bem do impacto que estava a causar: explícitos nos sorrisos que mandava enquanto tocava e era aplaudido. Deste lado sorríamos também.

Já no Palco Vodafone. FM acontecia o que já todos estávamos a contar. Aaron Coyes apresentava-se sozinho a representar os Peaking Lights. Depois de um concerto perfeito como o de Rother, o sentimento de vergonha alheia tomava conta de nós a observa-lo desajeitado a tentar seduzir o público com psicadelismo electrónico. Sem sabor e pouco inspirado todos lhes voltam as costas aquando no céu começam a surgir umas luzes brancas cintilantes. Entre teorias da conspiração ou simples desfrutação visual, todos se esqueceram do concerto onde estavam.

Os The Holydrug Couple também tiveram grandes dificuldades em nos convencer. O seu shoegaze poucos atraiu ao Palco Milhões, e raras exceções em que as cordas conjugavam-se com grande mestria. O concerto foi bastante apático e desinspirado, como se com pressa estivessem do palco saírem.

Hey Colussus faz o jus ao nome, Se não fosse o peso que o nome Michael Rother carrega, este seria o momento alto de sábado. Stoner como deve ser foi o suficiente para de repente a visão para o palco ficar mais turva. O pó levantava-se na batida dos saltos das marionetas, e lá de cima, os mestres puxavam os cordelinhos através de três guitarras, uma bateria e um vocalista endiabrado. Foi assim, obrigados a disparar os últimos cartuchos de energia, que terminou o nosso dia 25 do Milhões de Festa.




 
Texto: João Rocha

Fotografia: Hugo Adelino e Bruno Pereira

Vídeo: Mariana Vasconcelos
por
em Reportagens

Milhões de Festa 2015 – Dia 2 [25Jul] Texto + fotos + vídeo
Queres receber novidades?
Comentários
http://www.MOTORdoctor.PT
Contactos
WAV | 2018
Facebook WAV Twitter WAV Youtube WAV Flickr WAV RSS WAV
Queres receber novidades?