11
TER
12
QUA
13
QUI
14
SEX
15
SAB
16
DOM
17
SEG
18
TER
19
QUA
20
QUI
21
SEX
22
SAB
23
DOM
24
SEG
25
TER
26
QUA
27
QUI
28
SEX
29
SAB
30
DOM
31
SEG
1
TER
2
QUA
3
QUI
4
SEX
5
SAB
6
DOM
7
SEG
8
TER
9
QUA
10
QUI
11
SEX

California X - Nights In The Dark

Review
California X Nights In The Dark | 2015
Vasco Lindeza 29 de Janeiro, 2015
Partilhar no Facebook Partilhar no Google+ Partilhar no Twitter Partilhar no Tumblr

Old Yellow Jack - Magnus

The Dodos - Individ
Dois anos depois do álbum homônimo de estreia, os California X (oriundos de Hadley, Massachusetts) entram em 2015 com o seu segundo álbum “Nights In The Dark”, que começa com a faixa do mesmo título, e com “Red Planet”. As duas músicas de abertura do álbum antes da interlude acústica: “Ayla’s Song”.

O início não poderia ser melhor, e somos automaticamente, brindados com riffs de guitarras rasgadas e de uma excelente presença por parte da bateria. Apesar das constantes comparações com Dinosaur Jr. (não tivesse este álbum um toque do produtor Justin Pizzoferrato, que trabalhou nos últimos 3 álbuns dos mesmos), os americanos mostram-nos que este registo não se resume á inspiração que têm por eles, incorporando também mais elementos de stoner rock, que podem ser ouvidos na faixa seguinte: “Hadley, MA”. No entanto, é possível observar também a ambição e amadurecimento que demonstram ao não terem medo de explorar temas como a escuridão e a saudade, incorporando uma sonoridade que nos remonta a vertentes que vão desde o rock dos anos 70 até ao alternativo dos anos 90, onde conseguem incluir elementos desde os solos ao piano, numa postura menos agressiva que o anterior registo da banda.

Ao longo dos 37 minutos de “Nights In The Dark”, começamos a viajar ao ouvir a primeira parte de “Blackrazor”, música composta por uma segunda parte bastante progressiva e intensa. Depois de mais um interlude por parte de “Garlic Road”, começamos a sentir que, tal como todas as viagens feitas na escuridão da noite, o cansaço começa a apoderar-se de nós e o final do álbum torna-se algo monótono com as (novamente) duas partes de “Summer Wall”, a comprovar que faltou na reta final a falta da mistura de elementos que acabam por marcar o álbum de modo geral e que nos eram brindados desde o seu início.
por
em Reviews

California X - Nights In The Dark
Queres receber novidades?
Comentários
http://www.MOTORdoctor.PT
Contactos
WAV | 2020
Facebook WAV Twitter WAV Youtube WAV Flickr WAV RSS WAV
Queres receber novidades?