12
SAB
13
DOM
14
SEG
15
TER
16
QUA
17
QUI
18
SEX
19
SAB
20
DOM
21
SEG
22
TER
23
QUA
24
QUI
25
SEX
26
SAB
27
DOM
28
SEG
29
TER
30
QUA
1
QUI
2
SEX
3
SAB
4
DOM
5
SEG
6
TER
7
QUA
8
QUI
9
SEX
10
SAB
11
DOM
12
SEG

Segundas Crónicas - Festivaleiros de joelhos

19 de Maio, 2014 ArtigosFreitas

Partilhar no Facebook Partilhar no Google+ Partilhar no Twitter Partilhar no Tumblr

Segundas Crónicas - As Urnas estão amaldiçoadas

Deafheaven - Sunbather
segundas crónicas  4

Chegou mais um ano, e mais uma altura em que muitos festivaleiros preparam todos os seus mantimentos para mais uma época de festivais. Os grandes festivais que já passaram neste inicio de ano, voltaram a fazer furor. Mas um em especial conseguiu bater novos recordes.
Não estou a falar nem do Barroselas nem mesmo do grande Coachella, mas sim de Fátima, sim Fátima.

Vários foram, como todos os anos, os canais de televisão que seguiram o evento com pompa e circunstância, desde o momento em que os ditos festivaleiros, muitas das vezes conhecidos por "peregrinos", começaram a sua caminhada rumo ao festival.

Num ano em que os barris de cera voltaram a bater recordes, e o aglomerado de pessoas ultrapassou algumas estimativas. O, Fátima Open Air, vamos chamar-lhe assim, voltou a demonstrar muita organização nos momentos altos do evento.

Desde o inicio que segui o "festival" em algumas alturas, pois com tantas notícias, tanto na viagem de todos os loucos por momentos deste calibre, tanto na altura em que o som era ouvido no recinto, era fácil de seguir tanto em jornais, como em qualquer tipo de site de notícias.

Pela cara de muitas pessoas que se colocavam, literalmente, de joelhos perante tal cenário, pareceu-me ter-lhes sabido a pouco os dois dias. Pois, muitas das pessoas ficaram com vontade para um pouco mais de loucura e diversão.

Com 86400 metros quadrados de espaço, o recinto principal contou com milhares de pessoas de punhos fechados a sentir o calor do momento, que com a cobertura de vários canais, fez muitos fieis sentirem os grandes momentos que marcaram este grande evento, no seu próprio sofá, com os cachecóis e t-shirts indicados para o momento.

A verdade é que não estive muito atento aos cabeça de cartaz, nem ao que no recinto se passou. Deixei-me mais levar pelas imagens que tanto se assemelharão ao que muitas pessoas daqui a uns meses irão estar a criticar, por verem alguns familiares mais novos, em outros recintos de maiores dimensões a fazer praticamente o mesmo, ou até podemos dizer, que estarão a fazer... coisas... muito menos estranhas.
por
em Artigos


Segundas Crónicas - Festivaleiros de joelhos
Queres receber novidades?
Comentários
Contactos
WAV | 2021
Facebook WAV Twitter WAV Youtube WAV Flickr WAV RSS WAV
SSL
Wildcard SSL Certificates
Queres receber novidades?