6
SAB
7
DOM
8
SEG
9
TER
10
QUA
11
QUI
12
SEX
13
SAB
14
DOM
15
SEG
16
TER
17
QUA
18
QUI
19
SEX
20
SAB
21
DOM
22
SEG
23
TER
Cut Copy
24
QUA
Cut Copy
25
QUI
26
SEX
27
SAB
28
DOM
29
SEG
Mono + A.A. Williams
31
QUA
1
QUI
2
SEX
3
SAB
4
DOM
5
SEG
6
TER

Morrissey @Coliseu dos Recreios [6Out2014]

10 de Outubro, 2014 ReportagensDiogo Alexandre

Partilhar no Facebook Partilhar no Google+ Partilhar no Twitter Partilhar no Tumblr
Coliseu Dos Recreios

Elephant Stone + The Blue Drones @Sabotage Club [5Out2014]

Amplifest 2014 - Foto-reportagem
© Everything is New © Alexandre Antunes/Everything is New

Panfletos, folhetos e cartões da PETA em todas as línguas possíveis e imaginárias foi o que se distribuiu logo à entrada do Coliseu dos Recreios, pouco antes do concerto de Morrissey (ex-lider dos The Smiths) começar. O que diria Morrissey se soubesse que aquele local é utilizado para práticas circenses envolvendo animais, em altura natalícia? Acreditemos que 'Moz' desconhecesse esse facto e, felizmente para nós, não cancelou o concerto na capital do País, apesar desta vez ter, aparentemente, mais razões para o fazer do que há dois anos atrás.

O concerto marcado para as 22h, começou com cerca de meia hora de projeções de vídeos, vídeos que não se cingiam apenas à música mas a toda a panóplia de 'beliefs' que Morrissey tenciona salientar. Tais como, atuações dos Ramones (sim, minhas queridas, isto era uma banda nos anos 70 e não uma marca de roupa), dos New York Dolls, do mestre da chanson Charles Aznavour, e massacres de animais, manifestações na Inglaterra, a morte de Margaret Thatcher (dama de ferro britânica e personagem por quem Morrissey sentia grande amor e fraternidade e a quem dedicou a grande balada romântica ''Margaret On The Guillotine''). Ouvia-se ''yay, yay, the witch is dead, the witch is dead'' e aparecia no ecrã um grande ''LOL'' sobre a morte da Iron Lady. Tudo isto e não só, aconteceu na primeira meia hora de ''concerto'', pois por volta das 22h30 entra o adorado Morrissey sob uma salva de palmas e assobios. O público estava em delírio.

''The Queen Is Dead'' (música que abre o álbum de 1986 dos The Smiths com o mesmo nome e que nunca deixa ninguém alheio), abriu de rajada (acompanhada por fotos da rainha Isabel II a fazer ''manguitos''). Seguem-se ''Speedway'' (resgatada de 1994) e ''Certain People I Know” (feita dois anos antes e concretizada só à segunda tentativa). O concerto prosseguiu calmamente, com 'Moz' a demonstrar os seus excelentes dotes vocais e a encantar todos com o timbre da sua voz. Foi ao som de ''Kick The Bride Down The Aisle'' que vemos mais uma “tacada” na família real Inglesa com os ecrãs destas vez a transmitirem uma foto onde se lia ''United King-dumb'', Morrissey sempre a fazer das suas...

Perto do final do concerto houve tempo para ir buscar ''Hand In Glove'' (''we'll play this because we must!'') e ''Meat Is Murder'', música que sucedeu um épico discurso do Inglês contra o consumo de animais e contra a McDonald's (e a sua publicidade), atiçando os Portuguesas e irem a uma loja de tintas para comprarem uma lata de spray branca e pintarem em todos os placares publicitários da McDonald's ''Shit! Shit! Shit!'' ''No! No! No!''. ''One Day Goodbye Will Be Farewell'', acompanhada por trompetas e teclados à post-punk, encerrou o tempo ''regulamentar'' de concerto. Para o encore ficariam reservadas ''Asleep'' (dos Smiths) e ''First Of The Gang To Die'' que meteu todos no Coliseu (esta noite bem composto) aos saltos e a cantar: ''Hector was the first of the gang with a gun in his hand and the first to do time, the first of gang to die. Oh my!''.

Uma bela hora e meia de concerto que satisfez os fãs e todos os que já esperavam o sucedido, porém, aqueles que se deslocaram ao concerto para ouvirem temas antigos dos The Smiths ou até do próprio 'Moz' tais como ''Everyday Is Like Sunday'', ''Suedehead'', ''November Spawned A Monster'', ''Irish Blood, Eglish Heart'', apenas para mencionar alguns, terá saído, de facto, algo insatisfeito. Felizmente, um bom concerto não se faz apenas pelo alinhamento.

Esperemos que volte brevemente e que da próxima vez não misture o Português com o Castelhano e diga ''gracias'' em vez de ''Obrigado''.

© Everything is New © Alexandre Antunes/Everything is New

[Best_Wordpress_Gallery gallery_type="thumbnails" theme_id="1" gallery_id="172" sort_by="order" order_by="asc" show_search_box="0" search_box_width="180" image_column_number="5" images_per_page="30" image_title="none" image_enable_page="1" thumb_width="180" thumb_height="90" thumb_click_action="undefined" thumb_link_target="undefined" popup_fullscreen="0" popup_autoplay="0" popup_width="800" popup_height="500" popup_effect="fade" popup_interval="5" popup_enable_filmstrip="1" popup_filmstrip_height="70" popup_enable_ctrl_btn="1" popup_enable_fullscreen="1" popup_enable_info="1" popup_info_always_show="0" popup_enable_rate="0" popup_enable_comment="1" popup_hit_counter="0" popup_enable_facebook="1" popup_enable_twitter="1" popup_enable_google="1" popup_enable_pinterest="0" popup_enable_tumblr="0" watermark_type="none" watermark_link="http://web-dorado.com"]
por
em Reportagens
Bandas Morrissey

Morrissey @Coliseu dos Recreios [6Out2014]
Queres receber novidades?
Comentários
Contactos
WAV | 2021
Facebook WAV Twitter WAV Youtube WAV Flickr WAV RSS WAV
SSL
Wildcard SSL Certificates
Queres receber novidades?