17
SAB
18
DOM
19
SEG
20
TER
21
QUA
22
QUI
23
SEX
24
SAB
25
DOM
26
SEG
27
TER
28
QUA
29
QUI
30
SEX
1
SAB
2
DOM
3
SEG
4
TER
5
QUA
6
QUI
7
SEX
8
SAB
9
DOM
11
TER
The Church
12
QUA
13
QUI
14
SEX
15
SAB
16
DOM
17
SEG

California X - Nights In The Dark

California X - Nights In The Dark - 2015
Review
California X Nights In The Dark | 2015
Vasco Lindeza 29 de Janeiro, 2015
Partilhar no Facebook Partilhar no Google+ Partilhar no Twitter Partilhar no Tumblr

Old Yellow Jack - Magnus

The Dodos - Individ
Dois anos depois do álbum homônimo de estreia, os California X (oriundos de Hadley, Massachusetts) entram em 2015 com o seu segundo álbum “Nights In The Dark”, que começa com a faixa do mesmo título, e com “Red Planet”. As duas músicas de abertura do álbum antes da interlude acústica: “Ayla’s Song”.

O início não poderia ser melhor, e somos automaticamente, brindados com riffs de guitarras rasgadas e de uma excelente presença por parte da bateria. Apesar das constantes comparações com Dinosaur Jr. (não tivesse este álbum um toque do produtor Justin Pizzoferrato, que trabalhou nos últimos 3 álbuns dos mesmos), os americanos mostram-nos que este registo não se resume á inspiração que têm por eles, incorporando também mais elementos de stoner rock, que podem ser ouvidos na faixa seguinte: “Hadley, MA”. No entanto, é possível observar também a ambição e amadurecimento que demonstram ao não terem medo de explorar temas como a escuridão e a saudade, incorporando uma sonoridade que nos remonta a vertentes que vão desde o rock dos anos 70 até ao alternativo dos anos 90, onde conseguem incluir elementos desde os solos ao piano, numa postura menos agressiva que o anterior registo da banda.

Ao longo dos 37 minutos de “Nights In The Dark”, começamos a viajar ao ouvir a primeira parte de “Blackrazor”, música composta por uma segunda parte bastante progressiva e intensa. Depois de mais um interlude por parte de “Garlic Road”, começamos a sentir que, tal como todas as viagens feitas na escuridão da noite, o cansaço começa a apoderar-se de nós e o final do álbum torna-se algo monótono com as (novamente) duas partes de “Summer Wall”, a comprovar que faltou na reta final a falta da mistura de elementos que acabam por marcar o álbum de modo geral e que nos eram brindados desde o seu início.
por
em Reviews
Bandas California X

California X - Nights In The Dark
Queres receber novidades?
Comentários
Contactos
WAV | 2021
Facebook WAV Twitter WAV Youtube WAV Flickr WAV RSS WAV
SSL
Wildcard SSL Certificates
Queres receber novidades?